{lang: 'en-US'}

domingo, 26 de março de 2017

Liga da Justiça: novo trailer aumenta as expectativas. Análise completa!




O segundo trailer de Liga da Justiça estava entre os mais aguardados para este ano. As desconfianças e expectativas estavam em um mesmo nível. Alguns idolatram a produção, enquanto outros a odeiam. E o que gerou essa divergência de opiniões?
A nova fase da DC começou com O Homem de Aço, seguido por Batman v Superman, Esquadrão Suicida, Mulher-Maravilha (em junho) e em novembro, Liga da Justiça. Os fãs dos quadrinhos, ao menos a maioria, gostaram dos três primeiros filmes dessa nova fase da DC. Entretanto há um grupo - bastante numeroso - que olha com raiva para essas produções e faz, infelizmente, um pré-julgamento das futuras obras cinematográficas da DC. 

Texto: Franz Lima. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo.

Eu confio nessa rota traçada para o universo DC no cinema. Por que? Simples. A Warner e a DC não podem se dar ao luxo de afundar um seguimento tão rentável. Hoje, o cinema é tão poderoso que influencia os lançamentos em quadrinhos, ao contrário do que acontecia anos atrás. 
Deixadas as devidas explicações e meus votos de sucesso, vamos à análise do segundo (e fantástico) trailer de Liga da Justiça. Assistam e leiam as observações. Digam se concordam com o que abordei. Suas opiniões são muito importantes!
P.S.: se não assistiu os filmes citados, principalmente Batman v Superman, assista antes, pois os Spoilers são inevitáveis.
As cenas iniciais comprovam que Bruce seguiu à risca o pedido do Flash. A busca pelos heróis - aqueles que estavam nos arquivos da LexCorp - começou. Bruce narra que é preciso estar preparado para um ataque que virá de muito distante, provavelmente Apokolips, o mundo de Darkseid, o que comprovaria a ligação com o pesadelo (ou visão) que teve em BvS. 
As imagens e a narração comprovam a parceria entre ele e a Mulher-Maravilha na busca pelos heróis que formarão a Liga da Justiça. A seguir temos cenas onde Aquaman, Cyborg e Flash são mostrados em ação, como uma apresentação. 
O que vem a seguir é o prenúncio de uma guerra entre a recém-formada Liga e as criaturas aladas de Apokolips e outros inimigos. Destaque para o Aquaman e a Mulher-Maravilha que estão incríveis. 
As presenças de Mera e do Comissário Gordon são reveladas, ainda que de forma discreta e rápida. O humor, assim como nas animações e quadrinhos, ficou garantido com a presença do Flash, incluindo um diálogo rápido que lembrou bastante o que aconteceu entre Tony Stark e o Capitão América, aquele do playboy, filantropo e bilionário, lembram?
Mais ação surge a cada segundo passado. A inclusão no trailer da música Come Togheter, interpretada pelo Aerosmith foi sensacional, algo que já vimos em trailers do Esquadrão Suicida. 
A presença de Lois Lane é uma dica de que teremos realmente a presença do Superman, ainda que nada sobre seu 'ressurgimento' tenha sido revelado.
Outro ponto crucial está na união de forças não esperadas no conflito contra as tropas de Darkseid, incluindo as Amazonas de Themyscira. 
E, ao que tudo indica, um pouco da tensão entre o Batman e o Aquaman se dilui com o decorrer do filme, como podemos ver em sua parceria ao fim do trailer.
E, respondendo a pergunta que todos estão fazendo, digo o seguinte: o Superman não está em nenhuma cena, mas é certo que ele virá. Sua ausência é um cuidado que os produtores têm para evitar a quebra de um dos mais marcantes momentos do longa. 
E por fim, uma observação: o Flash e o Cyborg têm muito a mostrar no filme, talvez por isso eles tenham sido menos evidentes em ação neste trailer.






←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário