{lang: 'en-US'}

segunda-feira, 21 de março de 2016

Serial Killers - Anatomia do Mal. Análise de um livro onde o mal é a matéria-prima.





Por: Franz Lima. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo

Aparentemente assuntos onde a morte esteja entrelaçada são alvo da curiosidade do público comum. Quando digo comum refiro-me às pessoas que não são obrigadas por força da profissão a conviver com algo tão complicado e impactante. Policiais, técnicos em necrópsia, bombeiros, médicos, enfermeiros e outros são, por causa das peculiaridades da profissão, obrigados a ver diariamente os resultados da morte. Óbvio que cada um com diferentes nuances entre si, mas não há como evitar a proximidade dos efeitos da perda d vidas no cotidiano.
Então, se existem apenas algumas pessoas são forçadas a lidar com o fim de vidas, o que pode explicar a grande quantidade de leitores, consumidores ávidos eu diria, de textos sobre assassinatos, tortura, genocídios. O que há de tão atrativo em temas controversos como o 'modus operandi' de serial killers, os assassinos em série? Por que Jack, o estripador, é um dos temas de maior procura em sites de busca até hoje? 
Seja por mera curiosidade ou um prazer mórbido, seja por se tratar de um tema onde a mente humana é mostrada em sua forma mais sombria, a verdade é que livros, filmes, quadrinhos e séries sobre serial killers são um estrondoso sucesso. Dexter, Hannibal Lecter, o Zodíaco, American Horror Story são apenas alguns dos exemplos do alcance de filmes, séries e livros cuja abordagem principal é a ação de matadores seriais. Alguns são, inclusive, simpáticos ao público, fato que cria laços entre o espectador e o matador. Quaisquer que sejam os reais motivos, é inegável que o tema atrai e vende muito.
Mas há algo que ainda estava em falta no mercado literário brasileiro: a presença de obras com uma abordagem séria sobre o tema. Livros como a série Dexter e as obras de Thomas Harris sobre o célebre e encantador assassino Hannibal Lecter são fáceis de encontrar, porém é fato que são ficção. Então, eis que a editora Darkside Books consegue colocar obras de grande relevância sobre o tema e, ainda mais, com autores de grande prestígio na área. Além de Ilana Casoy (especialista brasileira em crimes e assassinos seriais), também fomos brindados com Harold Schechter, cujos livros com temática sobre crimes têm grande prestigio no exterior.


Serial Killers - Anatomia do Mal - é um livro completo com o histórico e os fatos que cercam os principais serial killers da América do Norte e, ainda, de outros países. Um fato muito importante está na distinção entre assassinos seriais, assassinos de massa e simples matadores. Também o leitor poderá constatar que não há um padrão visual para o serial killer, já que somos bombardeados com os estereótipos fornecidos pelo cinema e outras mídias. A raça ou o biotipo não são indicativos ou garantias para se identificar um assassino em série.
Antes de mais nada, o serial killer é um ser humano movido por impulsos e por uma frieza incalculável, motivado, sobretudo, pelo anonimato que seus atos exigem e a proteção que essa condição fornece. Não há um padrão, uma vez que os crimes têm as mais distintas variáveis para iniciar, indo desde os maus tratos quando o assassino era criança até o simples prazer de matar. Um dos poucos fatos que servem para a caracterização desse tipo de crime está na peridiocidade em que os fatos ocorrem e na semelhança entre os crimes ou vítimas. 
Outro ponto extremamente positivo do livro está na disponibilização informações sobre outras mídias que abordam o tema, como quadrinhos, cinema, séries, animes e muito mais. 
Então, se você é um apreciador do assunto, quer compreender mais sobre as mentes doentias por trás de tantas maldades e deseja um livro com conteúdo selecionado e não fantasioso, essa obra é 100% indicada.


Sobre o autor: Harold Schechter é professor de Literatura Americana e Cultura na Faculdade de Queens, na Universidade da Cidade de Nova York. Entre seus livros de não ficção estão os clássicos sobre crimes históricos Fatal, Fiend, Deviant, Deranged e Depraved. Ele também autor da aclamada série ficcional de suspense estrelada por Edgar Allan Poe, que inclui  Nevermore, The Tell-Tale Corpse, The Hum Bug e The Mask of Red Death. Saiba mais em seu site www.haroldschechter.com
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário