{lang: 'en-US'}

sábado, 12 de março de 2016

Seguir o bom exemplo. Por Isabella Niella.




Por: Isabela Niella. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo
Domingo passado eu ouvi de um palestrante a seguinte história:

Estava o professor em sala de aula quando adentrou uma aluna praguejando uma colega de turma:

Ela: Mas que garota chata! Eu odeio ela!

Surpreso, ele perguntou: ­ Que aconteceu?

Ela respondeu: ­ Sabe fulana? Ela só tira dez nas apresentações dos trabalhos!

Ele parou um pouco e perguntou: ­ Mas e você, também tira boas notas?

Ele: E você assiste as apresentações dela?

Ela: Claro que não! Assim que ela começa, eu saio!

Ele pensou: Vou perder uma aluna, mas preciso falar! ­ Então você é BURRA!

Ela o olhou assustada e ele continuou: ­ BURRA! BURRA! BURRA! BURRA! BURRA!

E ele continuou: ­ Você deveria ser a primeira na fila para assistir as apresentações dela! Não devemos ter vergonha de aprender o que não sabemos e de nos juntar a quem sabe! Pessoas maduras e inteligentes juntam-se aos bons. Ter raiva porque o outro está em condições melhores ou sabe mais é infantilidade. Se ela tira nota dez nos trabalhos significa que ela se dedica e se fez merecedora.

Após essa conversa, o expositor nos contou que a aluna começou a assistir as apresentações da colega e ao final de um ano, as duas já estavam amigas e faziam os trabalhos juntas.
É mais fácil criticar e fazer o papel de vítima quando estamos em uma situação aparentemente inferior ao outro. O difícil, mas o mais correto e sábio, é jogar fora nosso orgulho e aprendermos com o outro ou nos dedicarmos para conseguir alcançar novos patamares. As pessoas bem-sucedidas na vida, e não estou falando apenas de dinheiro, só chegaram lá porque se esforçaram e, com certeza, sacrificaram momentos de lazer ou de conforto para conquistarem seu espaço. E por que não nos juntamos a elas? Por que não aprender com quem venceu ou se superou? Não é vergonha seguir bons exemplos, ao contrário, significa que conquistamos maturidade emocional e estamos prontos para nos tornarmos vencedores.



←  Anterior Proxima  → Página inicial

4 comentários: