{lang: 'en-US'}

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Eu quero a TV Cultura Viva!





Texto: Franz Lima. Curta nossa fanpage: Apogeu do Abismo.
 
Caso você seja um dos usuários da TV aberta no Brasil, provavelmente irá concordar que as programações estão cada vez mais apelativas e menos interessantes. Big Brother, programas de auditório de gosto duvidoso, jornais sensacionalistas, novelas que buscam audiência por meio da controvérsia e da polêmica... não é fácil ser um espectador dos canais abertos. Como diriam meus antepassados: o barato sai caro.
Uma das poucas opções para essas pessoas que querem algo de melhor qualidade era a TV Cultura. Com programas consagrados como o Sem Censura, Castelo Rá-Tim-Bum, Entrelinhas, Cocóricó, entre outros, a emissora era um oásis para driblar as péssimas programações impostas pelas demais que só querem chamar o público através do apelo e da baixaria.
Mas parece que nada é eterno. Por motivos desconhecidos, a emissora tem sido alterada de forma brutal, pondo fora do ar vários programas consagrados que, inclusive, migraram para a TV paga. 
Espero, honestamente, que isso não seja definitivo, principalmente quando a cultura e seus expoentes estão sendo postos de lado em nome do lucro através do apelo ao sexo, violência e banalidades.
 
 

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário