{lang: 'en-US'}

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Pato Fu: Música de Brinquedo ao vivo. Análise do show.




O Pato Fu é uma das mais ecléticas bandas do cenário musical nacional. Liderada pela fantástica Fernanda Takai, eles se destacam desde o lançamento de "Pinga", uma das mais engraçadas músicas que já ouvi. Seus videoclips também são um show à parte e é esse conjunto de som, humor e inteligência que tornou a banda tão aceita pelo público.
Entretanto, sempre achamos que há um limite para a criatividade de uma banda e, novamente, o Pato Fu provou que os limites são impostos apenas por nossas próprias barreiras, os empecilhos que nós criamos.
Em 2010 a banda lançou um CD chamado Música de Brinquedo, onde eles faziam releituras de clássicos da própria banda e de outros artistas nacionais e internacionais. Até aí, nada de mais. Porém o que chamava a atenção era a utilização de instrumentos de brinquedo ou miniaturas, fato que deu nome ao trabalho do grupo. Por mais estranho que isso possa soar, o CD é fantástico e foi um grande sucesso de vendas e críticas.
Foi então que em 2011 eles resolveram registrar um show da turnê desse trabalho em DVD. E é sobre esse show que vou falar. Antes, contudo, eis o setlist do DVD:



Título
Autor(es)
1.
"Primavera (Vai Chuva)"  
Cassiano, Sílvio Rochael
2.
"Sonífera Ilha"  
Branco Mello, Marcelo Fromer, Toni Bellotto, Ciro Pessoa, Carlos Barmak
3.
"Rock and Roll Lullaby"  
Cynthia Weil, Barry Mann
4.
"Eu"  
Frank Jorge, Marcelo Birck, Alexandre Ograndi, Carlo Pianta
5.
"Frevo Mulher"  
Zé Ramalho
6.
"Ovelha Negra"  
Rita Lee
7.
"Todos Estão Surdos"  
Roberto Carlos, Erasmo Carlos
8.
"Simplicidade"  
John Ulhoa
9.
"Live and Let Die"  
Paul McCartney, Linda McCartney
10.
"Pelo Interfone"  
Ritchie, Bernardo Vilhena
11.
"Twiggy Twiggy"  
Lalo Schifrin, Hal David, Burt Bacharach, Morton Stevens, Nanako Sato
12.
"Perdendo Dentes"  
John Ulhoa e Fernanda Takai
13.
"My Girl"  
Smokey Robinson, Ronald White
14.
"Sobre O Tempo"  
John Ulhoa
15.
"Love Me Tender"  
Elvis Presley, Vera Matson
16.
"Made In Japan"  
John Ulhoa e Robinson Mioshi
17.
"Bohemian Rhapsody"  
Freddie Mercury

Esse DVD comprova que há realmente shows dos quais o arrependimento por não termos participado é inevitável. O Música de Brinquedo é exatemente esse tipo de show. A banda trouxe um repertório incrível com interpretações engraçadas, bem estruturadas e agradáveis para todas as faixas etárias. Um fato importante é que não é necessário ser fã da banda para apreciar o espetáculo, já que a produção e o empenho do grupo contagiaram não só os espectadores que lá estavam como também nós, os que somente verão a obra por vídeo. 
Durante todo o espetáculo é possível ver pais com seus filhos interagindo de forma simplesmente  emocionante. Mesmo com músicas que não fazem parte da rotina das crianças, elas acompanharam e se divertiram muito junto com Fernanda Takai e os outros músicos. 


Claro que a participação de alguns integrantes do grupo Giramundo colaborou para essa interação com o público infantil e a banda, porém é válido frisar que o grupo musical preparou um show absolutamente impecável e cativante. As brincadeiras aconteceram durante todo o espetáculo e reforçaram o clima familiar, fato que é cada vez mais incomum dentro do cenário musical nacional.
A sonoridade do Pato Fu continua cada vez mais instigante. Munidos apenas de instrumentos de brinquedo (sim, isso não é brincadeira) ou miniaturas, as músicas apresentadas durante o show mantiveram a qualidade original, mesmo diante de releituras que poderiam parecer impossíveis. 
 

Munidos de muito humor, inteligência e uma produção que misturou boa música ao universo infantil, o Pato Fu criou um dos melhores shows que já vi. A interação entre os músicos, os artistas do Giramundo e o público é algo que ficará na memória. 
Como disse antes, é impossível não se arrepender de não ter participado desse espetáculo que, assim espero, poderia acontecer novamente aqui no Rio de Janeiro e em outros estados, tal é a perfeição e o respeito pela platéia que o grupo demonstrou não só no Música de Brinquedo, mas durante toda sua magnífica carreira. 
Bravo!
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário