{lang: 'en-US'}

sábado, 2 de novembro de 2013

Vingadores: A Queda. Resenha da terceira edição da coleção oficial da Marvel.





Por: Franz Lima.
A verdade deve ser dita. Não há inovações marcantes no arco de histórias que geraram esse encadernado. Vingadores, a queda é uma boa trama, ricamente ilustrada e com algumas partes interessantes. Entretanto, são as polêmicas o seu ponto alto. Essas polêmicas foram geradas por causa da desarticulação forçada da equipe de heróis, fato que foi considerado inevitável para seu criador à época. Para os fãs, A Queda foi um passo radical demais, talvez por desconhecimento de outras HQ com roteiros similares. 

Basicamente a graphic novel aborda o momento mais trágico e frágil da equipe de heróis que não estava preparada para perdas, revelações e uma vingança provocada pela loucura. Outro fator curioso que deu força à narrativa foi a comprovação de que um castelo é tão intransponível quanto seus alicerces.
Um ponto que não curti muito por dar ares de saga interestelar foi o surgimento de antigos Vingadores para socorrer a equipe atual. Algum de vocês já reparou que histórias lotadas de heróis e vilões soam como um evento no qual é obrigatório participar? Heróis tendem a ter pouco tempo para si e quase sempre estragam a vida profissional e amorosa por causa dos compromissos que os poderes lhe conferiram, mas sempre há tempo para grandes conflitos que, em alguns casos, duram muito. Para clarear ainda mais, parece que a vida pessoal e os problemas cessam ao surgir um conflito maior. Mas essa é uma visão minha que não tira o mérito da trama.

Positivamente há ainda a abordagem mais séria, ilustrações mais competentes e uma sequência de desgraças que assustam o leitor pela força com que chegam. É loucura, suspense e caos em doses cavalares.
O balanço final é muito positivo. A reconstrução da equipe, a exibição de fragilidades e facetas desconhecidas e, posteriormente, o surgimento de novas equipes vinculadas diretamente aos Vingadores deram nova vida à equipe, além de alavancar as vendas são alguns dos resultados diretos desta fase negra para a equipe, mas muito rentável para os editores e artistas envolvidos no projeto.
Enfim, recomendo a leitura da HQ como um ótimo entretenimento e por sua relevância histórica a uma das mais importantes equipes de heróis da Marvel. Mas não deixem de buscar as histórias que aconteceram paralelamente à trama principal de A Queda, pois muita coisa está vinculada a este arco...

Dados Técnicos:

Escrita por Brian Michael Bendis
Ilustrada por David Finch e outros artistas. 
Ano de publicação: 2013.
Editora: Salvat.
Capa Dura.
Preço: R$ 29,90


←  Anterior Proxima  → Página inicial

3 comentários: