{lang: 'en-US'}

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

R.I.P.: Champignon. Morte do segundo no comando do Charlie Brown Jr. choca fãs.





É com grande pesar que noticio esse falecimento. Mas fica a certeza de que o céu está muito mais animado agora. Descanse em paz, brother...


SÃO PAULO - Luiz Carlos Leão Duarte Junior, o Champignon da banda Charlie Brown Jr., foi encontrado morto na madrugada desta segunda-feira (9), em seu apartamento na zona oeste de São Paulo.
Vizinhos informaram que a polícia foi acionada por volta da 0h, depois que testemunhas ouviram um barulho de disparo, vindo do apartamento do músico.
O corpo do baixista foi encontrado por uma equipe do Samu em seu escritório, com um tiro na boca, segundo o jornal 'Folha de S.Paulo'.
Há informações de que o corpo será velado na cidade de Santos, e levado provavelmente para o mesmo cemitério onde Chorão foi enterrado, em março deste ano.
Registrado na 89˚ Delegacia de Polícia, em São Paulo, o caso será investigado, mas as autoridades já trabalham com a hipótese de um suicídio.
A esposa de Champignon estava no local e, em estado de choque, precisou ser levada a um hospital para receber atendimento médico. 
O síndico do condomínio onde o músico morava foi até à polícia por volta das 8h30 para entregar as fitas das câmeras de segurança do prédio. O responsável pelo conjunto residencial, no entanto, não quis dar detalhes sobre o que viu nas imagens gravadas dentro do elevador, quando o roqueiro voltava para o apartamento na companhia da esposa.
'Eu vi todas as imagens, vou entregar para a delegada, mas não vou falar nada'. 

Testemunha
O corretor de imóveis Alexandre Denion, vizinho de porta de Champignon, esteve na portaria do condomínio onde mora para conversar com a imprensa.
De acordo com seu relato, o músico tinha acabado de voltar de um restaurante japonês com a esposa, Claudia - que está grávida - e aparentava estar 'tranquilo'.
Em seguida, houve um 'barulho seco' de um tiro, seguido pela voz da mulher, que repetia em tom de desespero: 'você não fez isso'.
A testemunha disse também que entrou no apartamento pouco depois do incidente e viu a arma próxima ao corpo do baixista, além de muito sangue. 

A Banca
A morte de Champignon aconteceu pouco mais de seis meses após o suicídio de Alexandre Magno Abrão, o Chorão, encontrado em seu apartamento na madrugada do dia 6 de março, depois de sofrer uma overdose de cocaína.
Após a morte do vocalista, o baixista passou a liderar um outro grupo formado pelos integrantes remanescentes do Charlie Brown Jr., batizado como A Banca.
Apesar do novo projeto, os músicos estavam preparados para lançar o último CD do Charlie Brown Jr., o 'La Família 013', gravado antes da morte de Chorão.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

Um comentário:

  1. Se realmente foi suicídio, não acredito que o céu esteja mais animado..... Só posso pedir a Deus que lhe tome nos braços e ampare nesse momento. É uma pena ver pessoas jovens que servem de "modelos" para os jovens do país com um fim tão trágico. Particularmente não conheço o trabalho dele mas ficam os meus sentimentos por uma vida que se foi antes do tempo. Que ele possa ter paz.

    ResponderExcluir