{lang: 'en-US'}

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Festival internacional de bonecos começa hoje em Brasília





Por: Marcelo Brandão
Repórter da Agência Brasil
Brasília - Grupos de teatro de bonecos de cinco países vão se apresentar a partir de hoje (14), em Brasília. Artistas da Rússia, Coreia do Sul, Inglaterra e Itália, além de brasileiros, participarão do Festival Sesi Bonecos do Mundo, no Museu Nacional da República. A mostra, promovida pelo Serviço Social da Indústria (Sesi), vai até domingo (18). Durante os cinco dias, o público terá a oportunidade de conhecer diversas formas de trabalhar a marionete, como o teatro de caixa, mamulengo, a técnica de fios e o teatro de sombras.
O grupo mineiro Giramundo é um dos destaques da programação, com o espetáculo Aventuras de Alice no País das Maravilhas. Serão 55 bonecos e um ator misturando teatro de bonecos, artes plásticas, música e cinema. Os músicos Arnaldo Baptista, ex-integrante da banda Os Mutantes; e Fernanda Takai, da banda Pato Fu, dublam os personagens. A banda Pato Fu se apresentará no festival, com o show Música de Brinquedo.
Outro artista que estará na capital federal é o russo Viktor Antonov. Ele é considerado um dos grandes mestres de marionetes em seu país e apresentará seu Circo de Fios. Trata-se de um pequeno circo e seus personagens: o palhaço, a bailarina hindu, o camelo, o halterofilista e macacos acrobatas. Antonov também vai protagonizar uma das três oficinas disponíveis no Sesi Bonecos do Mundo. Nela, o russo vai ensinar técnicas de controle e manipulação de marionetes. As inscrições para as oficinas já estão abertas e podem ser feitas pelo e-mail oficinasbrasilia@sesibonecos.com.br ou pelo telefone (61) 7817-1996.
Além dos espetáculos e das oficinas, o festival terá a exposição Coleção Magda Modesto – Títeres dos Quatro Cantos do Mundo, mostrando 130 bonecos. Lina Rosa Vieira é a idealizadora do projeto. Para ela, é uma oportunidade da arte de manipulação de bonecos mostrar sua relevância.
“Acho importante quebrar esses paradigmas de que boneco é só manifestação folclórica, só coisa para criança. Com o festival, a gente entra com o teatro de bonecos pela porta principal. Temos tecnologia de ponta, quatro telões de alta definição e espaços muito grandes. Em alguns lugares por onde o festival passou, tivemos 100 mil pessoas”, contou.
O Festival Sesi Bonecos do Mundo existe desde 2004, trazendo visibilidade para a arte da marionete e já levou ao público artistas de 19 estados brasileiros e 14 países. “É possível fazer espetáculos que respeitem a inteligência de quem está do outro lado, estimulem a criatividade”, explica Lina. “Quando você entra, vai para um mundo encantador. Você atravessa o portal, começa a passear por aquele caleidoscópio de possibilidades, lidando com as mais diferentes técnicas e linguagens e, então, se entrega à surpresa, ao mistério. Acho que é a esse mistério que as pessoas devem se entregar. Elas não vão se arrepender”, completou.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário