{lang: 'en-US'}

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Aluna com Down recebe prêmio por redação.




 
Fonte: G1.
 
Uma estudante com Síndrome de Down de uma escola particular de Curitiba venceu um concurso nacional de redação infantil. Com o apoio dos professores e dos colegas de classe, Camila Manzolli, de 11 anos, redigiu um texto sobre a própria história.
"Foi um processo bem difícil, mas foi bem legal trabalhar com ela. Eu ia levantando algum tema, mas ela mesma construía as frases e no final ficou bem bacana a história", explica a professora Giovana de Bassi.
Dentre os assuntos descritos na redação, Camila fez questão de lembrar quando ganhou uma medalha de ouro nas paraolimpíadas na categoria de ginástica. O texto surpreendeu os organizadores do concurso, que criaram um prêmio específico para a garota na categoria superação.
O troféu foi entregue durante uma solenidade no Museu de Arte Moderna, em São Paulo. A mãe, Liziane Manzolli, contou que se sentiu orgulhosa da filha após mais uma conquista. "É muita emoção, eu jamais imaginaria", afirma a mãe, que completa e diz que o reconhecimento é só o começo das conquistas que ainda estão por vir. Quando crescer, Camila conta que quer ser professora.

Franz says: essa é uma rápida demonstração que comprova o quanto qualquer criança ou adulto especial pode superar sua situação e realizar o que quiser. 

←  Anterior Proxima  → Página inicial

Um comentário:

  1. Eu vi as paraolimpiadas nacionais, minha namorada é educadora física, logo acompanho ela em algumas de suas aventuras. Tenho certeza que a maioria daqueles atletas me superariam em tudo o que fizeram!

    Ter uma deficiência específica não lhe impede de ser grandioso, muitas vezes pode ser um grande estímulo a superação. E há inúmeras histórias de superação que nos deixa de queixo caído e chega a afrontar nosso ridículo preconceito.

    ResponderExcluir