{lang: 'en-US'}

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Dica de Leitura - O Poder dos Quietos - Via Galileu.




Albert Einstein, Barack Obama e Chopin. O que essas personalidades têm em comum? Segundo a escritora Susan Cain, a introspecção. No seu livro O Poder dos Quietos (Editora Agir, R$ 24), um dos mais vendidos na lista do New York Times este ano, a autora mostra que, desde sempre, são os quietinhos que impulsionam a sociedade. Sem eles, além das obras dos já citados, não teríamos a filosofia, tampouco a obra Em Busca do Tempo Perdido, de Marcel Proust, por exemplo. Nem mesmo o Google.

Por outro lado, diz Cain, hoje vivemos o Ideal da Extroversão. Desde muito cedo as crianças são ensinadas a se sentirem confortáveis “sob a luz dos holofotes”. Se forem julgadas como tímidas, são vistas como algo “entre uma decepção e uma patologia”. Para combater preconceitos, a autora faz levantamentos históricos, analisa pesquisas e ensaia uma nova forma de tratar os calados: pensadores. 
 
Franz says: O tema deste livro é muito interessante. A timidez, a introspecção em si, é uma característica muito criticada, porém há algo de misterioso nos portadores desta qualidade. Sem generalizar, a introspecção pode denotar observação, frieza e inteligência. A leitura do livro é recomendada pela abordagem diferenciada do assunto, despertando um novo pensamento sobre algo comum e muitas vezes criticado no comportamento humano.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário