{lang: 'en-US'}

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Cinemateca exibe mostra de filmes de estrada (On the road)




São Paulo – "Botei a cabeça para fora da janela e aspirei profundamente o ar perfumado. Foi o mais sublime de todos os momentos". O trecho do livro On the Road, do escritor norte-americano Jack Kerouac, revela um pouco do perfil das narrativas de road movies, ou filmes de estrada. A Mostra On the Road foi motivada pelo lançamento do filme Na Estrada, do cineasta brasileiro Walter Salles, que adaptou para o cinema a obra americana. Até 24 de junho, a Cinemateca Brasileira exibe uma seleção de filmes sobre a temática.
“Esse livro foi lançado em 1957 e influenciou várias gerações. Músicos, como Bob Dylan, se referem a esse livro como uma obra que inspira certo comportamento, um modo de encarar a vida”, explicou  Rafael Carvalho, programador da Cinemateca. A temática chegou ao cinema com o filme Sem Destino, de Dennis Hooper, em 1969. “O filme pega todo esse imaginário, que está diluído no romance, para criar essa mitologia do road movie. Personagens que transitam durante o filme inteiro e, à medida que viajam, vão lidando com diversas experiências”, disse Carvalho.
Embora o road movie esteja mais associado à cultura americana e ao universo da contracultura dos anos 1960, a Cinemateca selecionou filmes do gênero em pelo menos mais quatro nacionalidades - francesa, italiana, portuguesa e argentina, incluindo produções brasileiras recentes. Entre os cineastas estrangeiros, foram selecionadas obras de Agnès Varda, Wim Wenders, David Lynch, Jean-Luc Godard, Manoel de Oliveira, Jim Jarmusch e Pablo Trapero.
Sobre as obras brasileiras, Carvalho avalia que é precipitado apontar o gênero como uma constante na produção nacional. “Para isso, seria necessário uma pesquisa mais profunda”, diz. A mostra, no entanto, reuniu pelo menos dez longas brasileiros. “O importante é que vimos a possibilidade de amarrar vários filmes dentro dessa estrutura narrativa. Cada filme trabalha essa estrutura de forma diferente, dentro da visão do cineasta”, destaca.
A seleção de longas nacionais reúne os filmes Diários de Motocicleta, de Walter Salles; Cinema, Aspirinas e Urubus, de Marcelo Gomes; Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo, de Karim Aïnouz e Marcelo Gomes;  Árido Movie, de Lírio Ferreira; Estrada para Ythaca, de Guto Parente, Luiz Pretti, Pedro Diógenes e Ricardo Pretti; A Última Estrada da Praia, de Fabiano de Souza; A Fuga da Mulher Gorila, de Felipe Bragança e Marina Meliande; e Além da Estrada, de Charly Braun.
Serão exibidos ainda os clássicos Iracema – Uma Transa Amazônica, de Jorge Bodanzky e Orlando Senna; e Bye Bye Brasil, de Carlos Diegues. De acordo com Carvalho, um dos destaques da mostra é o raro O Mentiroso, paródia ao gênero dirigida por Werner Schünemann no fim dos anos 1980.
A Cinemateca Brasileira está localizada no Largo Senador Raul Cardoso, 207, na Vila Mariana, em São Paulo. Os ingressos custam R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia). A programação completa da Mostra On the Road está disponível no endereço eletrônico www.cinemateca.gov.br.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário