{lang: 'en-US'}

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Antes de Watchmen - Nova série gera polêmica





Fontes: Omelete  e Eden Pop

A DC Comics finalmente oficializou que será lançada este ano Before Watchmen, linha de minisséries que servirão como prelúdio a uma das HQs mais idolatradas da história. O projeto frequentava sites de boatos há dois anos.
Confirmando os rumores, os autores Darwyn CookeAmanda ConnerJ.G. JonesAndy KubertJoe Kubert estão envolvidos. E tem outros nomes, como J. Michael StraczynskiBrian AzzarelloLee BermejoJae Lee e até o editor original de WatchmenLen Wein. Confira a lista de minisséries e veja  as capas:
  • Rorschach (4 edições) – Roteiro de Brian Azzarello, arte de Lee Bermejo
  • Minutemen (6 edições) – Roteiro/Arte de Darwyn Cooke
  • Comediante (6 edições) – Roteiro de Brian Azzarello, arte de J.G. Jones
  • Dr. Manhattan (4 edições) – Roteiro de J. Michael Straczynski, arte de Adam Hughes
  • Coruja (4 edições) – Roteiro de J. Michael Straczynski, arte de Andy e Joe Kubert
  • Ozymandias (6 edições) – Roteiro de Len Wein, arte de Jae Lee
  • Espectral (4 edições) – Roteiro de Darwyn Cooke, arte de Amanda Conner
A partir do meio do ano, as revistas serão lançadas semanalmente até o fim de 2012. Cada uma vai conter uma história secundária de duas páginas com Curse of the Crimson Corsair, expandindo a história de pirata que faz parte da narrativa paralela de Watchmen. Len Wein será o roteirista destas histórias, com arte de John Higgins (colorista original de Watchmen).
Para fechar, Before Watchmen: Epilogue será um especial com colaboração de vários quadrinistas e o fechamento da história do Crimson Corsair.
É óbvio que o projeto não tem benção de Alan Moore. Mas Dave Gibbons, desenhista original de Watchmen, é citado como apoiador do projeto, mesmo que com um pé atrás: "A versão original de Watchmen contém toda a história que Alan Moore e eu queríamos contar. Entendo as razões da DC para esta iniciativa e desejo a todos artistas e escritores envolvidos que façam um tributo a nossa obra. Que estes acréscimos tenham o sucesso que almejam".



Em minha humilde opinião, Watchmen é uma obra fechada. Ela expôs muito bem aquilo que era proposto por Moore e Gibbons. 
Contudo, há um universo, uma gama de histórias que não foram contadas e que, se forem devidamente abordadas, podem nos brindar com fatos anteriores à série clássica capazes de elucidar pequenas dúvidas dos fãs sobre seus personagens favoritos. Ainda que a vida de Rorschach, Espectral, Ozymandias, Dr. Manhattan e os demais integrantes do universo Watchmen tenham sido abordados, muito ficou apenas no imaginário. Um fato que reforça isso é a presença de "documentários" sobre os Minutemen e o primeiro Night Owl no DVD do filme.
Além do que citei acima, pude também observar que os desenhos estão à altura do mítico universo criado por Alan Moore, ainda que isso não seja garantia de histórias coerentes e capazes de agradar a legião de fãs que apenas aumenta a cada ano. Mas é um bom começo...
Estou confiante neste projeto e creio que ele irá honrar uma das mais conceituadas e influentes HQ de todos os tempos. A equipe que irá compor Before Watchmen é muito boa.
Resta aguardar e, conforme o caso, elogiar ou esquecer esta série, assim como fizemos com Batman DK2, de Frank Miller. 
Conheçam as demais capas e opinem.
Franz Lima









←  Anterior Proxima  → Página inicial

4 comentários:

  1. Estou ansioso para ver como ficará, mas admito que estou preparado para o caso de cair uma bomba. Remexer numa saga fechada pode trazer à tona monstros.

    ResponderExcluir
  2. Ainda creio que eles não irão cometer o mesmo erro que o Frank Miller. Essa nova produção não irá decepcionar... espero.

    ResponderExcluir
  3. Acho que tem tudo pra dar certo. No meio de tantas revistas concerteza vão sair algumas não tão boas mas no geral não deve decepcionar.
    Mas os fãs Alan Moore's bitches vão reclamar mesmo se sair a melhor obra feita pela humanidade.

    Ele voltou a usar sua famosa frase de que isso é uma confirmação que ainda estão dependentes de idéias que ele teve há 25 anos.
    Isso pra mim é babaquice extrema. Há milhares de anos resolveram fazer fogo, e aí? Alguém deixou de usar só porque é velho?
    Pelo contrário, é só prova da incompetência dele, que não conseguiu fazer nada melhor do que fez há 25 anos.

    ResponderExcluir
  4. Cara, gosto demais do trabalho do Alan Moore, mas ele, ao contrário do Neil Gaiman, não manteve o mesmo ritmo produtivo e, para piorar, não conseguiu se manter humilde. O sucesso o transformou em um cara frio, indiferente aos desejos dos fãs. É uma pena...

    ResponderExcluir