{lang: 'en-US'}

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Review: Drácula, por Jon J. Muth




DRÁCULA - GRAPHIC ÁLBUM

Li em um lugar sobre esta obra de arte (só comentários positivos). Sim, amigos, a definição deste Graphic Album é esta: obra de arte. E foi com esta visão que, alguns anos atrás, adquiri meu exemplar.
Lançada no Brasil na déca de 90, a adaptação do livro homônimo de Bram Stoker para os quadrinhos foi uma surpresa gratificante.
Com visual impecável e pinturas de altíssimo nível - todas produzidas pelo mestre Jon J. Muth -, Drácula foi o primeiro número da coleção Graphic Album.
Não pensem que se trata apenas de mais um aproveitador do sucesso do clássico de terror. Esta obra mostra de forma concisa a essência do livro de Stoker. Imagens e palavras se mesclam em absoluta harmonia, sem exageros. Há imagens que sugerem violência, há imagens que mostram violência, porém nada apela para o visual "gore" ou para o escatológico, o que demonstra maturidade do autor.

Pela simples sugestão - de imagens e palavras - torna-se perceptível o medo, a tensão, quase palpáveis.
Os diálogos, as descrições e as cenas em si são fruto de extratos de diários, telegramas e diários de bordo. Existem passagens em prosa - como em um romance - e também diálogos em forma de script, tornando a leitura muito interessante.
Contudo, o que mais chama a atenção são as pinturas. Belas pinturas. Jon J. Muth demonstra total domínio da técnica e, principalmente, sabedoria ao descrever pela pintura o que ocorre no livro. Indubitavelmente seria preciso um Graphic Album com muito mais páginas para englobar a obra original, mas em nada essa "Graphic Novel" fica devendo ao livro. Espero não estar exagerando ao dizer que Bram Stoker teria orgulho de ver sua obra ser adaptada com tanto brilhantismo.
Busquem esta versão impressa e adaptada de Drácula... ela é única entre tantas tentativas de acerto. Drácula - por Jon J. Muth - é algo para ser apreciado como um bom vinho, guardado na mente e no coração.
Fica apenas uma nota crítica: o que impede de relançarem este album em uma versão de luxo com capa dura?

Mais imagens da obra para que tenham melhor noção da excelência do material:






←  Anterior Proxima  → Página inicial

5 comentários:

  1. Drácula é uma obra-prima do terror! É uma história de terror que dialoga sobre amor. Até mesmo o vampiro, figura representante das trevas, não chega a ganhar o nosso ódio e facilmente encontraremos quem por ele nutre simpatia.

    ResponderExcluir
  2. Clássico e indiscutivelmente uma obra-prima. Fiquei muito feliz em adquirir esta versão de Drácula...

    ResponderExcluir
  3. Poxa, realmente muito bem feitas as pinturas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Priscilla. Jon J. Muth é um artista que merece o destaque. O cara manda bem demais.

      Excluir
  4. Alguém pode me informar como posso adquirir um exemplar dessa revista ? Eu sei que saiu em português, já vi uma, mas estava sem a capa e não tinha como descobrir a editora.

    ResponderExcluir