Entrevista inédita com o escritor Eduardo Spohr

Esta é uma entrevista concedida por Eduardo Spohr ao "Apogeu do Abismo". Conheçam um pouco mais sobre o autor dos sucessos "A batalha do Apocalipse" e "Filhos do Éden". Saibam quem o influenciou e seus novos projetos.


Franz Lima - A mitologia dos anjos já foi abordada não só em livros, como também no cinema e quadrinhos. Algumas dessas obras lhe serviram como base ou referência? Quais?
Eduardo Spohr – Com certeza, especialmente a série "Anjos Rebeldes" e os quadrinhos da Vertigo.
Add caption
Franz Lima - Até que ponto seus amigos o auxiliaram na trajetória para o sucesso como autor? Algum deles também escreve?

Eduardo Spohr – Auxiliaram como leitores beta, as "cobaias" do experimento ;-)

Franz Lima - O sucesso já é uma realidade em sua vida como escritor. Apesar disso, você se sente abalado ao deparar com uma crítica negativa?

Eduardo Spohr - Não. Tento usá-las para melhorar.

Franz Lima - Suas vendas são fantásticas mas não refletem a realidade do mercado editorial nacional. A que atribui esse sucesso?

Eduardo Spohr – Sem dúvida aos nerds, que propagaram essa idéia e tornaram esse sonho possível.

Franz Lima – Também sou escritor e conheço as barreiras para publicar no Brasil. Você acredita na validade do lançamento de material inédito na internet? A rede não é uma porta para plagiadores?

Eduardo Spohr – Basta registrar os seus trabalhos, aí não tem problema.

Franz Lima – Você recebe muitos pedidos de leitura de textos e blogs? Como faz para respondê-los ou filtra-los? Há uma forma de dizer que o material que lhe foi apresentado é ruim?

Eduardo Spohr – Infelizmente o meu contrato com a editora me impede de avaliar obras de outros autores :-/

José Louzeiro
Franz Lima – Você já citou algumas de suas referências na literatura estrangeira (Tolkien e Stephen King, por exemplo). Quais são seus autores brasileiros preferidos? Há contato entre você e outros escritores já consagrados?

Eduardo Spohr – José Louzeiro é sem dúvida o meu grande mestre.

Franz Lima – Recentemente você constou como uma das 100 mais influentes pessoas de 2011. Esta influência se deve apenas aos livros ou o Eduardo Spohr do twitter, do Jovem Nerd e de outras mídias sociais também é tão importante quanto o Eduardo escritor?

Eduardo Spohr – Realmente não sei como eles fazem essa análise. Confesso que gostaria de saber.

Franz Lima – Creio que muitos já conhecem seu trabalho dentro do Nerdcast, o podcast do Jovem Nerd. Você ouve outros trabalhos similares? Quais são? Eles exercem influência naquilo que escreve.

Eduardo Spohr – Ouço sempre os podcast Papo na Estante e Papo Lendário. Recomendo.

Franz Lima – Não sei até que ponto irá escrever sobre anjos, porém, inevitavelmente, chegará a hora em que deverá mudar a temática. Já tem algo em vista?

Eduardo Spohr – Lançamos agora em novembro um outro livro, com uma temática diferente, o "Protocolo Bluehand: Alienígenas".

Franz Lima -"A batalha do Apocalipse" é um livro que, certamente, poderá render um roteiro muito bom para um filme? Há planejamentos sobre isso? Alguém já lhe propôs algo sobre isso?

Eduardo Spohr - Ainda não, mas quem sabe um dia...

Franz Lima - Em sua opinião, há público para todos os gêneros literários?

Eduardo Spohr - Certamente.

Franz Lima - A literatura fantástica está ganhando mais espaço e, em parte, isso se deve ao sucesso de autores como André Vianco, Raphael Draccon e você. Que conselhos você pode dar a um novo autor de literatura fantástica ou popular?

Eduardo Spohr - Que escutem o NerdCast 215: Profissão Autor. Recomendo a todos que desejem seguir a carreira de escritor: http://jovemnerd.ig.com.br/nerdcast/nerdcast-215-profissao-autor/

Franz Lima - "Filhos do Éden" também é um grande sucesso, indiscutivelmente. Até que ponto esse sucesso mudou sua aceitação para publicar um livro? Ainda que influente como escritor, de alguma forma o editor pode alterar o conteúdo do que escreve ou sugerir mudanças?

Eduardo Spohr - No meu caso o editor não influencia não. Apenas faz sugestões.

Franz Lima - Participo de uma coletânea a ser lançada em breve por meio da internet. Você acompanha algum autor na web? Recomenda algum?

Eduardo Spohr - Não acompanho. Até gostaria, mas falta tempo.

Franz Lima - Finalizando, além de sua parceria com o Azaghâl e o Allotoni, há outros projetos para a publicação de algum livro em parceria?

Eduardo Spohr - O PBHa. Não deixem de conferir: http://jovemnerd.ig.com.br/ProtocoloBluehand/

P.S.: caso queiram saber mais sobre Protocolo Bluehand: alienígenas, acessem esta matéria da Época com o Azaghâl, o Spohr e o Alottoni (foto acima).

Share on Google Plus

Sobre Franz Lima

Esta é uma breve descrição no blog sobre o autor. Editá-lo, No html e procurar esse texto
    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

6 comentários:

  1. Legal a entrevista =D Com certeza do Eduardo é uma referência aos novos autores (como eu). Não sabia sobre esse episódio do Nerdcast, vou ouvir já já. Já li A Batalha do Apocalipse. Filhos do Éden e Protocolo Bluehand já estão na minha lista de favoritos *-*

    ResponderExcluir
  2. A adquirir dele, resta apenas o Protocolo Bluehand. Priscilla, esta entrevista é uma vitória para mim, pois sei o quanto o Eduardo é ocupado.
    Flawless Victory

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da entrevista. Eduardo de fato é uma referência para todos nós que trilhamos este caminho difícil. Não conhecia o Nerdcast...vou passar a ouvir. Entrevista muito útil.
    Parabéns Franz!

    ResponderExcluir
  4. Poxa, uhul! Uma entrevista sensacional a que o Apogeu do Abismo conseguiu! Parabéns Franz! O Protocolo Bluehand também já está na minha mira. Anjos Rebeldes é uma obra-prima. O grande sucesso do Eduardo começou mesmo pela força da legião Nerd, rapaz...quando Nerds se unem nada derruba! \o/ A recomendação do livro também foi muito de amigo para amigo (isso aconteceu comigo). Estou ansioso para o lançamento do livro II de Filhos do Éden.

    ResponderExcluir
  5. Franz, agora você pode tentar outros escritores nacionais, os mais famosos como Raphael Draccon e Andre Vianco, e outros que ainda não são muito, mas que tenho certeza que aceitariam a entrevista. Parabéns pela conquista e pelo blog cada vez melhor =D

    ResponderExcluir
  6. A todos os amigos que, invariavelmente, estão me apoiando: muito obrigado. A entrevista com o Eduardo foi o primeiro passo para conseguir uma credibilidade ainda maior ao meu trabalho. Como disse a Priscilla, vamos agora a novos escritores, entrevistas e muito mais...
    Obrigado ao Eduardo e a todos os que apoiam o blog.

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Início